Administrativo

Setembro Amarelo


O mês de setembro marca a chegada da primavera e, com ela, a expectativa de renovação para florescer a esperança nos corações. Não por acaso, o mês é uma ocasião propícia para celebrar e valorizar a vida, principalmente junto àqueles que estão enfrentando tristezas atrozes e dificuldades de encontrar motivos e respostas para viver. Preste atenção às pessoas do seu entorno: pode ser que alguém ali precise de ajuda para enfrentar tristezas, que fazem parte do ciclo da vida, tão grandes que fazem o indivíduo cruzar uma perigosa fronteira que pode aniquilar o desejo de viver.

No Brasil, país signatário do Plano de Ação em Saúde Mental lançado em 2013 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), comemora-se desde o ano de 2014 o “Setembro Amarelo”: trata-se de uma campanha que tem o objetivo de conscientizar a sociedade quanto à importância da prevenção do suicídio.

De acordo com dados da OMS de 2014, mais de 800 mil pessoas tiram a própria vida por ano, sendo essa a segunda maior causa de mortes entre jovens de 15 a 29 anos. No Brasil, segundo dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade de 2017, em média, 11 mil pessoas tiram a própria vida por ano. O alerta para os altos índices de suicídio no mundo tem até um dia específico instituído pela OMS, 10 de setembro, data que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. A data busca sensibilizar e conscientizar a população sobre os altos índices de suicídio no mundo e pontuar que essas mortes podem ser prevenidas.