História do Brasão


Descrição Heráldica

Escudo Francês em Campo de Blau (Azul) carregado em chefe por uma Flor de Liz e uma Meia Lua e duas Cabeças Bovinas todos Argente (Prata), tendo a seus pés uma Faixa Ondulante em Blau (Azul) representando um rio, Como Suportes envolvendo o campo do Brasão a direita e a esquerda dois Pés de Cana e Milho, Ambas frutadas e na sua com, saintes de um Listel de Goles (Vermelho) ostentando de Argente (Prata) os seguintes dizeres Aiuruoca 14 de agosto de 1834, além das Datas 1706 a direita, 1868 a esquerda. Tudo encimado pela Coroa Mural de Cinco Torres Argente (Prata) e Portas na cor Goles (Vermelho) tendo por Baixo a data de 1692 na cor Goles (vermelho).

Interpretação

Escudo Francês ou Escudo Sanítico: O Escudo Sanitico, usado para representar o Brasão de Armas de Aiuruoca, foi o primeiro estilo de escudo introduzido em Portugal por influência Francesa, herdado pela heráldica brasileira como evocativo da raça colonizadora e principal formadora de nossa nacionalidade.

A Coroa Mural: A Coroa Mural que sobrepõe é símbolo universal dos brasões de domínio que, sendo Argente (Prata), de oito torres, das quais apenas cinco são visíveis em perspectiva no desenho, classifica a cidade representada na Terceira Grandeza, ou seja, Sede do Município.

A flor di Lz e a Meia Lua: A mais nobre dentre todas as flores, a Flor de Liz representa em nosso Brasão a nossa mãe a Virgem da Conceição, nossa padroeira e protetora, tendo a seus pés uma Meia Lua de Prata. Duas Cabeças Bovinas, Dois pés de Cana de Açúcar e Milho: Põem em relevo e destaque a nossa agricultura e pecuária introduzidas em nosso município após serem esgotadas as minas de Aiuruoca elos idos de 1.800.

Três Picos em Ouro: Representa o nosso símbolo máximo, nosso guardião intemporal o Pico do Papagaio.

Uma Ave: Representa o Amazonas Vínacea o Papagaio de Peito Roxo, ave que na sua migração secular fazia seus ninhos nas encostas do Pico do Papagaio.

Faixa Azul Ondulante: Representa o lendário Rio Aiuruoca cujas cabeceiras foram desbravadas por volta de 1692 pelos Bandeirantes que aqui chegaram em busca de ouro de aluvião. Hoje é sabido que o Rio Aiuruoca tem a nascente mais alta do país com uma altitude de 2450 m e está localizada na Serra da Mantiqueira, mais precisamente dentro dos limites do Parque Nacional de Itatiaia.

As Datas

1692: Marca a chegada do Capelão João de Faria Fialho em terras Aiuruocanas.

1706: Data da fundação do Arraial de Nossa Senhora da Conceição de Aiuruoca

1834: Data da Emancipação Político e Administrativa em 14 de agosto de 1834.

1868: Data da Elevação à Categoria de Cidade em 20 de Julho de 1868.

As cores

A cor Vermelha (Goles): primeira cor heráldica, é representada graficamente, por traços verticais. Indica derramamento de sangue em batalha, audácia, valor, galhardia, nobreza, conspícua e domínio. Caridade, Valentia, magnanimidade, atrevimento, intrepidez, alegria, vitória, ardileza, generosidade, honra, furor, e vencer inimigos com sangue.

A cor Azul (Blau): Segunda cor heráldica, é representada graficamente em preto e branco. A cor azul do campo de escudo é símbolo heráldico do amor pátrio, justiça, nobreza, perseverança, zelo, lealdade, recreação e formosura, predicados que se aplicam ao povo de Aiuruoca pelo devotamento a sua cidade.

A cor Amarela: Tem o mesmo valor do Metal Ouro.

A cor Branca: Tem o mesmo valor do Metal Prata.

Os Metais

Ouro: O ouro é o primeiro metal representado graficamente por pontos miúdos. Costuma- se usar a cor amarela, para ilustrar o ouro. Indica nobreza, riqueza, esplendor, gloria, poder, força, etc. A justiça, benignidade, clemência, cavalaria, generosidade, soberania, amor, pureza, saúde, solidez, gravidade, alegria, prosperidade, vida longa, eternidade e constância.

Prata: É o segundo metal, representado graficamente pela cor branca. Significa humildade, inocência, felicidade, pureza, temperança, verdade formosura, franqueza, brancura, limpeza, integridade, eloqüência e vencer os inimigos sem sangue. Símbolo de amizade, equidade, justiça, inocência e pureza.