Turismo

Vale do Matutu


O Vale do Matutu é o máximo e as pousadas de lá têm toda uma proposta diferenciada. Mas ficar em Aiuruoca também é uma opção interessante para explorar as curiosidades da cidade e admirar o casario centenário, bem como os resquícios da época da exploração do ouro, já que o município integrou o circuito aurífero mineiro. E, de volta ao século 21, pode-se comprar a mais famosa iguaria local: o queijo.

Outra vantagem de ficar em Aiuruoca é estar mais próximo do Vale dos Garcias, cujo acesso fica bem perto do centro. Percorrendo cerca de 10 km de estrada de terra, chega-se à majestosa cachoeira que nomeia esse vale, dona de uma queda de 25 metros de altura que desaba num poço amplo e cristalino.

Fonte do Texto: Editora Europa/Fonte: Revista Viaje Mais – Foto: Marlon Arantes