Saúde

Nossa cidade contra aedes aegypti


O Aedes Aegypti ficou conhecido como o mosquito da dengue, agora além disso, ele também transmite o Zika Vírus e o Chikungunya, e fez com que todo o país entrasse em estado de atenção para combater o mosquito.

Somente a fêmea do mosquito que pode transmitir as doenças. De acordo com o Ministério da Saúde, ao apresentar qualquer sintoma é necessário procurar diretamente um médico. Repelentes e inseticidas ajudam a proteger as pessoas do mosquito, evitando assim que ele seja picado.

Por isso separamos 5 dicas simples que ajudam no combate do mosquito da dengue, Zika Vírus, Chikungunya e a Febre Amarela dentro de casa.

-Tem acumulo de água: É preciso atenção para não deixar água acumulada em pneus, garrafas pets, vasinhos de plantas ou qualquer outro ambiente em que a água fique parada;

– Se os vasinhos das plantas da varanda ou do jardim estão com areia;

– Se a caixa d’água está bem fechada;

– Latas e garrafas estão armazenadas de cabeça para baixo.

– Dengue: Um dos primeiros sintomas a aparecer é a febre alta (39º a 40º). Geralmente dura de 2 a 7 dias. Além disso, dores de cabeça, no corpo e nas articulações. Fraqueza, dor atrás dos olhos, coceira, perda de peso, náuseas e vômitos. Vale lembrar que a infecção por dengue pode ser assintomática (não apresentar sintomas), leve ou grave, levando à morte. Vale lembrar que existem 4 tipos de dengue, e a pessoa pode ser infectada mais de uma vez.

– Chikungunya: Se a pessoa for infectada uma vez, ela ficará imune pelo resto da vida. Dentre os sintomas estão febre alta, dores intensas nas articulações dos pés e das mãos, dedos, tornozelos e pulsos. Manchas vermelhas na pele. Dores de cabeça e nos músculos não estão descartadas.

– Zika Vírus: De acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 80% das pessoas que são infectadas pelo Zika não desenvolvem sintomas, porém alguns sinais devem ser levados em consideração como: dor de cabeça, febre baixa, dores levas nas articulações, manchas vermelhas na pele, coceira e vermelhidão nos olhos. Além disso, podem aparece inchaço no corpo, dor de garganta, tosse e vômito. Geralmente os sintomas desaparecem espontaneamente, após 3 a 7 dias.

– Febre Amarela: Muitas pessoas que contraem a febre amarela não apresentam sintomas, e quando os apresentam, os mais comuns são:

Febre
Dores musculares em todo o corpo, principalmente nas costas
Dor de cabeça
Perda de apetite
Náuseas e vômito
Olhos, face ou língua avermelhada
Fotofobia
Fadiga e fraqueza.
Os sintomas nesta fase aguda da doença costumam durar entre três e quatro dias e passam sozinhos.

No entanto, uma pequena porcentagem de pessoas pode desenvolver sintomas mais graves cerca de 24 horas após a recuperação dos sintomas mais simples. Nesta fase chamada de tóxica, o vírus pode atingir diversos órgãos e sistemas, mas principalmente o fígado e rins. Os sintomas dessa fase são:

Retorno da febre alta
Icterícia, devido ao dano que o vírus causa no fígado
Urina escura
Dores abdominais
Sangramentos na boca, nariz, olhos ou estômago.
Em casos mais graves o paciente pode apresentar delírios, convulsões e até entrar em coma.

Dependendo do dano causado no organismo, esta fase da febre amarela pode levar a morte no intervalo entre sete e dez dias. Por isso, pessoas que são diagnosticadas com febre amarela devem estar atentas ao aparecimento dos sintomas iniciais e observar se os sintomas mais graves se manifestarem, para busca de ajuda médica.

Os sintomas da febre amarela podem ser confundidos com malária, leptospirose, hepatite viral e dengue hemorrágica.